Aston Martin recria DB5 com gadgets de 007

A Aston Martin anunciou nesta terça-feira (14) a produção de réplicas do clássico DB5 equipadas com gadgets usados no filme de James Bond. O carro inspirado em 007 Contra Goldfinger, de 1964, contará com réplicas de metralhadoras, emissores de fumaça e óleo, além de placas giratórias. O modelo terá uma produção limitada a 25 unidades. Os itens estão sendo criados por Chris Corbould, vencedor do Oscar de efeitos especiais, responsável por essa área em filmes do agente secreto.

O Aston Martin DB5 com esses acessórios pouco comuns começarão a ser entregues aos clientes em 2020. A fabricante mostrou três desses itens. As réplicas de metralhadores, que ficam atrás das setas dianteiras, e os sistemas de pulverização de óleo e de fumaça, que saem das lanternas traseiras. Paul Spiers, presidente da Divisão de Projetos da Aston Martin, confirmou ainda que o DB5 também terá outros recursos.

Aston Martin DB5 terá representação do banco ejetor

Aston Martin DB5 foi lançado em 007 Contra Goldfinger, em 1964

Entre eles, placas de identificação giratórias, um defletor traseiro à prova de balas deslizante e uma representação do famoso assento ejetor do DB5 original. Porém, não será capaz de disparar passageiros o carro. Uma simulação de tela de rastreamento de radar e um console central idêntico ao carro de James Bond também fazem parte do projeto.

Corbould disse que teve que pensar “por cerca de um segundo e meio” quando foi solicitado a trabalhar no projeto. Ele admitiu que surgiram desafios difíceis em criar recursos que sejam convincentes e reproduzíveis. “Se estivéssemos fazendo uma mancha de óleo em um filme, poderíamos encher o carro com equipamentos e colocar cerca de 50 litros em alguns segundos”, disse ele. “Aqui ele tem que se encaixar em um espaço muito menor, e tem que ser capaz de trabalhar de novo e de novo”, explicou.

Corbould é o responsável pelos efeitos especiais dos filmes de James Bond

Corbould trabalhou em todos os filmes de Bond, com exceção de Octopussy, desde O Espião que Me Amava. Ele está na 25ª produção de 007, que estreará em 2020. Nesse filme, o agente secreto deverá dirigir o Rapide E, o primeiro carro elétrico da Aston Martin.  Cada réplica do DB5 tem o preço de 3,3 milhões de libras esterlinas, o equivalente a R$ 17 milhões, incluindo os impostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *