Chevrolet Camaro é convertido em viatura pela polícia gaúcha

Um Chevrolet Camaro SS foi convertido nessa terça-feira (4) em viatura pela Polícia Civil de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. O muscle car ano 2013, avaliado em R$ 130 mil, foi apreendido em uma operação de combate ao golpe do bilhete premiado em junho de 2018. O carro teve a cor amarela substituída pelo branco e preto da Polícia Civil e será usado pela Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas).

De acordo com a instituição, o Camaro havia sido adquirido pelo antigo proprietário com o uso de dinheiro ilícito originado por golpes aplicados em dezenas de vítimas do Rio Grande do Sul e em outros quatro estados. O uso Civil foi autorizado pela Justiça, com o veículo passando a ser utilizado em operações policiais. O muscle car da Chevrolet, que agora será usado como viatura, é equipado com motor V8 de 6.2 litros.

Camaro SS faz de 0 a 100 km/h em 5,4 s

Chevrolet Camaro SS teve a cor amarela substituída pelo preto e branco

Ele gera 411 cavalos de potência a 5.900 e 56,7 kgfm de torque a 4.300 giros. O propulsor está acoplado à transmissão automática de seis velocidades com opção de trocas sequenciais através de aletas no volante. O Chevrolet Camaro SS precisa de 5,4 segundos para ir de 0 a 100 km/h e tem a velocidade máxima limitada a 250 km/h.

O muscle car foi um dos 91 veículos apreendidos durante a Operação Pólis. Foram 71 carros, 18 motocicletas, dois barcos e um jet ski, além de dinheiro em espécie e joias. Os estelionatários agiam na região norte gaúcha, além de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Em Passo Fundo, a investigação, que começou em 2015, identificou cerca de 140 pessoas envolvidas no golpe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *