Einrid T-Pod, caminhão elétrico autônomo, entra em operação na Suécia

O Einride T-Pod, caminhão elétrico autônomo, começou a ser usado nesta quarta-feira (15) em entregas na Suécia. Ele tem capacidade para 26 toneladas e opera no segundo nível mais alto de direção autônoma, o 4. Ele não tem motorista, tanto que não tem nem cabine, mas circula por uma área pré-definida. Ele usa uma plataforma Nvidia Drive para processar dados visuais em tempo real.

Um operador, a quilômetros de distância, pode supervisionar e controlar até dez veículos de uma só vez. O nível 5 prevê a circulação em qualquer via pública sem qualquer limite ou controle. O teste-piloto com o veículo está sendo feito através de uma parceria entre a fabricante e a empresa de logística DB Schenker.  

Einride T-Pod circula em via pública

Einrid T-Pode circula entre armazém e terminal

O T-Pod tem permissão para fazer viagens curtas entre um armazém e um terminal, usando uma via pública em uma área industrial em Jönköping, a décima maior cidade da Suécia. Ele pode rodar até a 5 km/h. O caminhão elétrico autônomo é equipado com câmeras, radares, scanners 3D e computador, que permitem que mapeiam o  que está ocorrendo 360 graus ao redor do veículo.

Não há pontos cegos, nem ângulos mortos. A Einride estima reduzir os custos operacionais de frete rodoviário em cerca de 60% em comparação a um caminhão a diesel com motorista. Robert Falck, CEO da startup sueca Einride, disse que solicitará no próximo ano mais permissões de rota pública e planeja expandir os serviço para os Estados Unidos.  

Caminhão elétrico em 200 km de autonomia

Einrid T-Pod tem bateria de 16 kWh e alcance de 200 km

As especificações técnicas do T-Pod não foram divulgadas. O único dado apresentado é que a bateria de 16 kWh assegura uma autonomia de até 200 quilómetros. Ainda não há previsão de quando o veículo começará a ser vendido.  “Esta permissão pública para estradas é um marco importante. É um passo para a comercialização de tecnologia autônoma nas estradas”, disse Falck, um ex-executivo da Volvo.

“Como somos uma empresa de software e operacional, uma parceria com uma empresa de fabricação é algo que consideramos um avanço”, disse ele. Além da Schenker, a Einride tem pedidos de outras sete empresas da Alemanha, Suécia e Estados Unidos. A previsão da startup é ter 200 veículos em operação até o final de 2020.

Um comentário em “Einrid T-Pod, caminhão elétrico autônomo, entra em operação na Suécia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *