Ghatto G1 é maxiscooter elétrico nascido em universidade

O Ghatto G1 é um maxiscooter elétrico que nasceu no interior da Universidade Politécnica de Valência (UPV), na Espanha. O veículo, que será lançado ainda este ano, foi desenvolvido por dois novos engenheiros industriais, José Soriano e José Campillo, recém-formados pela instituição. Eles tiveram o sonho que o veículo se tornasse uma realidade e fosse competitivo em seu segmento.

Agora estão batalhando para colocar esse desejo em prática. O Ghatto G1 tem motor elétrico com imã permanente. A potência não foi divulgada, mas o torque é de 61,18 kgfm. O maxiscooter acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos e atinge a velocidade máxima de 150 km/h. O motor elétrico é alimento por uma bateria de lítio de 14 kWh, que garante autonomia de até 300 quilômetros no ciclo urbano.

Bateria do Ghatto G1 pode ser recarragada em 2 horas

Bateria é recarregada usando-se um carregador do tipo 2

Para recarga, há soquete tipo 2, que permite uma transferência  a 32 A, o que faz com que a bateria atinja 100% da capacidade em menos de duas horas. Quando não há um supercarregados nas proximidades, pode ser usado um conector USB. Segundo os engenheiros, Ghatoo G1 é a primeira motocicleta usar a blockchain, a mesma tecnologia usada para criar as criptomoedas. É para um arquivo virtual que atesta as variáveis ​​mensuráveis ​​da motocicleta.

Ele registra a quilometragem rodada ou os reparos que foram feitos. Segundo Soriano e Campillo, os registros podem ajudar a traçar o perfil do usuário para as seguradoras e definir o valor da apólice. Além disso, serve como um atestado a ser apresentado para futuros compradores de segunda mão da G1. O maxiscooter  é acionado por chave presencial, que é um aplicativo para smartphone. Ele pode ser ligado apenas com o celular.

Maxiscooter terá preço de 14 mil euros

Ghatto G1 começará a ser produzido no final deste ano

O painel de instrumentos é uma tela de LCD. O modelo da Ghatto tem chassi de alumínio e subestrutura dianteira e traseira tubular de aço. O veículo tem 2,200 metros de comprimento, 690 milímetros de largura e 1,420 metro de largura. A distância entre-eixos é de 1,525 metro, com a altura do banco sendo de 740 mm. Embaixo do assento tem espaço para dois capacetes.

O G1 tem rodas de 15 polegadas, com pneu 120/70 na dianteira e 160/60 na traseira. O peso é de 170 quilos. O braço oscilante da suspensão traseira é de alumínio usinado. O Ghatto G1 terá preço de cerca de 14.000 euros (R$ 61.800). O maxiscooter será agora cedido para 21 usuários, chamados pelos projetistas de embaixadores, para que possam fazer uma avaliação. O veículo começará a ser produzido no final deste ano, com as vendas começando em 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *