Michelin lançará pneus sem ar no mercado em 2024

A Michelin lançará pneus sem ar no mercado em 2024. A empresa fez uma parceria com a General Motors nos Estados para testar o novo produto, batizado de Michelin Uptis, no Chevrolet Bolt. Este carro elétrico começará a ser vendido no Brasil em outubro. A grande vantagem óbvia do pneu sem ar é que não fura, não deixa o motorista na mão.

A outra é que pode ajudar a reduzir o preço dos automóveis. De acordo com a Michelin, a combinação de rodas e pneus Uptis tem o mesmo peso de uma combinação convencional de rodas e pneus. Porém, como não existe a necessidade do ar, os carros não precisam de sensores de monitoramento de pressão de pneus, pneus sobressalentes, macacos ou até mesmo kits de conserto.

Tecnologia do pneu sem ar surgiu há uma década

O Michelin Uptis é uma evolução do Tweel, surgido há dez anos

O conceito do pneu sem ar não é novo. A Michelin apresentou a tecnologia há uma década, na época chamada de Tweel. Ela até começou a vender versões de produção para pequenos equipamentos para gramado e construção há alguns anos. Porém, o que há de novo é seu uso para carros de produção em grande escala. O Michelin Uptis é o avanço dessa tecnologia.

Além de ser projetado para suportar o peso de um automóvel, o novo pneu sem ar também proporciona aderência e durabilidade adequadas às velocidades da estrada. Uma das diferença é que agora traz um novo design mais eficiente. Entre o piso externo e a roda interna de alumínio, o Upti tem raios ou nervuras que substituem a pressão do ar.

Pneu sem ar deve oferecer a mesma aderência e segurança do convencional

Estes raios são feitos de uma combinação de resina reforçada com borracha e fibra de vidro. Para garantir que os pneus sem ar estejam à altura do uso diário, a Michelin fez uma parceria com a General Motors. Ele será usado em uma frota de carros de teste Chevrolet Bolt. A General Motors revelou que planeja oferecer pneus sem ar Uptis como opcionais em alguns de seus veículos até 2024.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *