smart se despede do motor a combustão com edição especial

A smart disse adeus aos motores a gasolina nesta terça-feira (14). A partir de 2020, terá apenas carros elétricos. O último modelo com motor a combustão da marca é a Final Collector’s Edition, que foi revelada hoje e terá apenas 21 unidades produzidas. A produção exclusiva de carros elétricos já havia sido divulgada em março, quando a Daimler, dona da Mercedes-Benz, anunciou a venda de 50% da smart para a chinesa Geely, proprietária da Volvo e Lotus.

O número de 21 unidades da FCE é uma referência ao lançamento do primeiro da carro da empresa, o City-Coupe. Ele chegou ao mercado em 1998 e foi rebatizado como ForTwo em 2004. Na época, ele tinha opção de motor 1.0 a gasolina, de 62 e 84 cavalos de potência, e 0.8 a diesel, de 45 cv.  A marca chegou a atuar no Brasil entre 2009 e 2016.

Combinação de preto e amarelo também aparece no interior

A smart Final Collector´s Edition será produzido em agosto. Serão os últimos com motor térmico. A partir do próximo ano, o uso de combustíveis fósseis será coisa do passado para o microcarro. Esteticamente, a edição de despedida se destaca pela cor amarela brilhante na frente. É um aceno para o “hello yellow” do smart original. A parte de trás traz a cor preto fosco.

As rodas são bicolores, seguindo o padrão da carroceria. O interior também tem a mesma combinação de cores no painel de instrumentos, portas, volante, estofamento etc. A smart não divulgou o motor da edição especial. Porém, o modelo atual à venda traz um 0.9 turbo de 110 cavalos de potência e 17,33 kgfm de torque. Ele está associado à transmissão automática de seis marchas de dupla embreagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *